Bebedouro SP
WhatsApp

17 99237 7810

Protestos, polícia e brigas: a cronologia da tensão nos jogos em São Januário - Rádio A Voz Fm Brasil

Brasil

10/07/2017 às 15h38 - Atualizada em 10/07/2017 às 15h38

Protestos, polícia e brigas: a cronologia da tensão nos jogos em São Januário

Marcos Borges China
São Paulo - SP
FONTE: A VOZ FM

Em cinco partidas no Campeonato Brasileiro, estádio teve incidentes que variam de xingamentos a Eurico Miranda desde conflito entre PM e torcedores

confusão em São Januário no último sábado não foi a primeira, mas mais uma de uma sequência de incidentes que vêm ocorrendo no estádio desde o início do Campeonato Brasileiro. Episódios similares, mas em menor escala, ocorreram nas partidas contra Corinthians e Avaí, numa cronologia que tem sempre os mesmos ingredientes: política, polícia e exaltação nas arquibancadas.

O clima político se explica pela aproximação das eleições para presidente no Vasco, previstas para novembro de 2017. Desde o fim do ano passado, grupos de oposição se articulam. Três chapas contra Eurico Miranda foram lançadas. Membros da situação acreditam que muitos dos protestos são financiados pelos opositores. Estes se defendem e argumentam que as críticas são em número muito maior.
Com a polícia, o clube também tem divergências. O Gepe acusa o Vasco de empregar como seguranças antigos membros de torcidas organizadas. O clube reclamou da revista feita pela PM no clássico contra o Flamengo - muitas bombas foram atiradas no campo. Muitos torcedores também se queixaram da reação dos policiais, considerada exagerada.

Saldo: ao menos duas pessoas foram agredidas, segundo relatos – uma delas deu entrada no hospital, sem maiores consequências. Um homem foi detido pela polícia, mas liberado após assinar termo circunstanciado.

O que o clube disse: “Com a confusão entre pessoas que estavam nas sociais, seguranças do clube foram obrigados a intervir para retirar dali os que ofendiam, já que o tumulto ameaçava se estender. (...) Imagens divulgadas nas redes sociais são editadas para que exista apenas uma versão. Nos vídeos divulgados até agora não há imagens de agressão dos seguranças, mas sim a tentativa de retirar os que iniciaram os xingamentos. Entre os que ofenderam estão integrantes da equipe de futebol americano Vasco Patriotas, que usaram a força física que possuem.”

Consequências: o time de futebol americano e o clube romperam relações e encerraram a parceria. Nos jogos seguinte, o Vasco limitou o acesso à social apenas a sócios, sem a possibilidade de se levar convidados. O clube foi denunciado pelo STJD pela confusão, mas acabou absolvido em primeira instância. O caso agora será julgado pelo Pleno nesta quinta-feira.

A VOZ FM

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 35 VEZES

Comentários

Veja também

Rádio A Voz Fm Brasil
Editoriais
© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados

Site desenvolvido por Agencia Taubate